MÁQUINAS PENSANTES


10/2/2017 |

Uma nova maneira de passar o tempo dentro do carro: essa é a proposta de inovação da montadora sueca Volvo, através do aplicativo Skype for Business. Nos novos carros da série 90 da Volvo, as pessoas serão capazes de ver as próximas reuniões, acessar os detalhes dos participantes e poderão entrar nas reuniões com apenas um clique, por meio da tela central.

Com a parceria da Microsoft, incluindo a exploração do sistema Cortana, a empresa tem a intenção de agregar reconhecimento de voz e insights contextuais para apoiar a vida das pessoas ao prever, ativamente, as suas necessidades.

De acordo com o vice-presidente de Serviços de Conectividade do Grupo Volvo Cars, Anders Tylman-Mikiewicz, "diversas pessoas já tentaram participar de conferências dentro do carro e, ao sentarem, se atrapalharam ao mexer no celular ou até mesmo deixaram cair, não é nada prático. Além disso, celular e direção não combinam. Com a adição do Skype for Business, todas essas questões irão melhorar".

Para o diretor de gerenciamento de produtos da Skype para a Microsoft, Ben Canning, as pessoas precisam ser produtivas em qualquer lugar, incluindo seus carros.

O conceito de carro conectado vem sendo trabalhado pela Volvo desde a década de 80 e a funcionalidade de mãos livres, com o Bluetooth, é uma das prioridades da empresa.

APLICABILIDADES
Existem cerca de 900 companhias que atuam no setor de I.A. no mundo, segundo a empresa de pesquisa Venture Scanner e, de acordo com a CB Insights, os investimentos em startups nesse setor cresceram 588% em cinco anos, atingindo US$310 milhões no ano passado.

No Brasil, muitas startups estão investindo em criações com a Inteligência Artificial, cujas aplicabilidades servem para diversos segmentos, como a saúde, com o caso da I.A. no combate à Zika e Chikungunya política, a exemplo das robôs Rosie e Sophie, explicadas a seguir games, como no caso do famoso jogo Super Mario World educação, auxiliando na aprendizagem entre outros.

ROBÔ INVESTIGA GASTOS PARLAMENTARES
O ano de 2017 começou com um escândalo na política, a partir de descobertas de uma robô, criada com base na Inteligência Artificial. Atendendo pelo nome de Rosie, a robô descobriu 3.553 casos suspeitos envolvendo a cota parlamentar dos deputados federais do Brasil.

Rosie foi criada por oito amigos atuantes na área de ciência de dados, com a finalidade de fiscalizar as despesas dos deputados, cruzando informações das notas apresentadas para reembolso. Em apenas dois meses de fiscalização, Rosie já gerou 629 denúncias e obrigou dez parlamentares a devolverem dinheiro. A operação ficou conhecida como "Serenata de Amor", em referência ao caso da ministra suíça que perdeu o cargo por ter comprado chocolates com dinheiro público.

Os dados da Operação Serenata de Amor são públicos. Com algumas orientações da equipe, qualquer pessoa pode acompanhar os gastos de seu deputado e, a cada semana, um relatório novo do trabalho é publicado na página da Operação, no Facebook.

O projeto é um dos 20 selecionados para a Hack Brazil, que elege as melhores propostas em soluções de tecnologia, criatividade e inovação. No entanto, para que a genialidade da Rosie continue em atividade, os desenvolvedores buscam ajuda. Como o volume de dados é muito grande, a equipe aceita a colaboração de outras pessoas que tenham conhecimento técnico ou que estejam dispostas a divulgar a ideia. Também são aceitas doações em dinheiro.

As duas equipes finalistas da competição serão levadas à Brazil Conference 2017, no dia 7 de abril, e apresentarão seus projetos para MIT e Harvard. Membros da equipe terão jantares com palestrantes da conferência, investidores-anjo e membros da faculty de ambas as faculdades.

UNEB ARTICULA PARCERIA NAS ÁREAS DE INTELIGÊNCIA ARTIFICIAL
A Universidade do Estado da Bahia (Uneb) está articulando uma parceria na área de Inteligência Artificial. De acordo com o professor do curso de Sistemas de Informação, Diego Frias, houve um interesse em projetos nas áreas de Inteligência Artificial e robótica inteligente. Segundo o diretor do Departamento de Ciências Exatas da Terra (DCET), Marcelo Ávila, estão sendo estudados possíveis convênios que podem contribuir para a qualidade do desenvolvimento de pesquisas sobre a I.A. na universidade.

STARTUP BRASILEIRA QUER POPULARIZAR A INTELIGÊNCIA ARTIFICIAL
Visão e atitude foram fundamentais para que os sócios Clovis dos Santos, Ronaldo Pereira e Sergio Innocenzi enxergassem, na Inteligência Artificial, a possibilidade de desenvolver produtos diferenciados, que pudessem melhorar a produtividade no atendimento e relacionamento com clientes. Os três participantes da aceleradora de startups Oxigênio, da empresa Porto Seguro, criaram o projeto TRON, que funciona como um cérebro artificial, respondendo em linguagem natural.

O TRON é usado em um projeto-piloto na própria Porto Seguro, em um dos serviços de atendimento ao cliente, atuando em casos de sinistro, reunindo desde solicitação de carro reserva até cobertura de apólice. Com a evolução do sistema, os sócios do projeto querem popularizar a Inteligência Artificial.

A função do profissional de TI, nesse caso, de acordo com o CEO e Co-Fundador da inYtcer, Clovis dos Santos, é fazer o levantamento de requisitos para os temas de suporte, de forma a diminuir os riscos de falhas no atendimento com respostas assertivas. A visão do CEO é positiva em relação ao uso da I.A. "Popularizar a Inteligência Artificial fará com que o mercado entenda melhor os benefícios que as soluções podem trazer para o seu dia a dia e, ainda, aumentar a base de informações para que se criem soluções recorrentes", defende o CEO. Ainda de acordo com o profissional, as soluções de Inteligência Artificial ou robôs terão a possibilidade de utilizar todo conhecimento agregado para a criação de novas ferramentas ou mecanismos voltados a melhorar a vida das pessoas e das corporações.



Matéria de capa
Arte e Tecnologia
Matéria de capa
Máquinas Pensantes
Matéria de capa
Nuvem vs. Servidor Próprio
Matéria de capa
Cibercrimes
Matéria de capa
Realidade Aumentada
Matéria de capa
IoT no Brasil
Matéria de capa
Mulheres em TI
Matéria de capa
Tendências de TI para 2017
Matéria de capa

Proteja seu filho nesta volta às aulas com Norton Security